PM de Taquaritinga localiza drogas, dinheiro e celular em residência de jovem no Jardim São Sebastião

Elemento recebeu voz de prisão.

Os policiais militares Rodinei e Tresseto compareceram na tarde de terça-feira (17) no plantão policial, na companhia de um elemento, 27 anos, após o mesmo ter recebido voz de prisão em razão de em sua residência ser encontradas drogas, dinheiro, celular, que estavam sendo comercializados na Rua Otávio Cavalentino Martinelli, no Jardim São Sebastião indevidamente.

Nas declarações dos PMs, registradas em B.O., é que naquele local reside um casal, onde há tráfico de drogas. Os policiais militares, cientes das denúncias recebidas naquele dia, em patrulhamento pela citada rua, nas imediações da casa, avistaram um rapaz, identificado, saindo do interior da residência. Ao avistar a viatura policial, o indiciado demonstrou certo nervosismo, na tentativa de retornar para dentro de casa.

Durante a abordagem, os PMs revistaram o elemento, localizando no bolso de sua bermuda, duas pedras de crack e três pinos de cocaína, além de reforçarem a denúncia de que em sua casa poderia ter mais entorpecentes, momento em que o indivíduo reagiu, tentando fugir, havendo a necessidade de contê-lo com uso de força moderada e colocação de algemas.

Com a porta da residência aberta, foi possível perceber que no seu interior estava uma mulher, mais tarde identificada como a esposa do elemento indiciado. Questionado pela segunda vez, o elemento admitiu que dentro da residência continha mais droga, mas que era somente dele e se destinava para a venda.

Na residência, o indivíduo indicou uma bolsinha, a qual continha uma pedra maior de crack, mais uma dúzia delas e seis porções de maconha, embaladas e prontas para a venda. Já dentro de uma gaveta de um dos móveis da sala um outro saquinho com 102 microtubos plásticos vazios prontos para embalar a droga, além de uma balança de precisão, um rolo de filme plástico, um prato, uma faca e uma tesoura com resquícios de drogas. Foi localizado também, no guarda roupas, dentro de uma bolsa feminina, a quantia de R$ 778,00, sendo recolhido também um aparelho de telefone celular, usado pelo casal. Indagada, a esposa disse que nada sabia a respeito dos fatos e que as drogas e demais objetos pertenciam ao indiciado, uma vez que ele realizava, constantemente, o tráfico de drogas. Em relação do dinheiro encontrado, o elemento disse ser proveniente da venda de drogas que ele havia realizado.

Foto: Divulgação / PM

O casal tem um filho de três anos de idade, o qual ficou em casa com a mãe dele. Foi dada voz de prisão ao indiciado, sendo o mesmo conduzido à Delegacia de Polícia, onde a autoridade signatária confeccionou o auto de prisão em flagrante delito e que após isso, o elemento seria encaminhado para a cadeia pública de Santa Ernestina.