Giro Político – 10 de julho de 2020

Visita ilustre – No sábado (4), o ex-prefeito e empresário Tato Nunes conversou bastante com nosso diretor Gabriel Bagliotti, nas escadarias do prédio onde se encontra hoje o jornal O Defensor. Aliás, Tato mantém escritório no mesmo prédio. Aproveitou e claro, falou um pouquinho da política municipal.

Apenas apoio – Sobre sua possível volta à política taquaritinguense, Tato Nunes disse que não existe essa possibilidade. Porém, deixou transparecer que, como presidente do diretório municipal do MDB, dará total apoio à candidatura de filiados, ao cargo de vereador. Quanto apoiar alguém para prefeito, disse que está estudando…

Dr. Micheloni – Nome forte na política local, o médico Luís Roberto Micheloni já adiantou que dificilmente concorrerá ao cargo de prefeito nas eleições municipais deste ano. Porém, aceita ser candidato como vice-prefeito, esperando ser chamado para compor uma dobradinha. Seria com o ex-prefeito Paulo Delgado?

Descanso – Os vereadores de Taquaritinga, bem como de todo o país, encontram-se em recesso parlamentar neste mês de julho. Porém, existe a possibilidade da realização de sessão extraordinária, caso o prefeito apresente algum projeto de urgência para votação.

Chumbo do grosso vem por aí – O prefeito fez um grande desabafo no programa “Taquaritinga presta contas” de sábado, dia 4 de julho, em sua rádio, criticando, sem dar nomes, alguns vereadores da Câmara Municipal. Seria bom o chefe do Executivo colocar “as barbas de molho”, porque as respostas dos vereadores vão ser as mais “apimentadas” possíveis, assim que as sessões ordinárias retornarem ao normal. Aguardemos.