Artigo: É preciso dar um basta

Por: Caio Forcel* Muito frequente são as reclamações dos munícipes sobre as obras paradas ou então aquelas que acontecem a conta gotas. O alvo das críticas sempre é o prefeito, seja ele quem for, nunca consegue dar resposta didática as indagações. Mas ele, o chefe do executivo municipal, não é o culpado, ao menos não é o único culpado. Processos públicos em suma são morosos – um processo que corre na justiça, uma lei a ser votada na Câmara ou então uma licitação de obra. Isso já é o bastante…

Leia Mais