Suspensão das aulas presenciais é prorrogada até o dia 1º de Março

A Prefeitura Municipal de Taquaritinga publicou na sexta-feira (19), um novo decreto n.º 5.213 publicado prorrogando até o dia 1º de março a suspensão das aulas e atividades presenciais nas escolas estaduais e particulares de Taquaritinga.

Segundo a publicação, a decisão considerou que muitas dúvidas ainda perpetuam com relação à segurança da medida, devendo prevalecer a norma mais favorável à saúde da população taquaritinguense e os ofícios n°s 29/2021, 032/2021 e 033/2021 da 2a Promotoria de Justiça da Comarca de Taquaritinga, que recomendou ao município o fechamento imediato de todos os comércios, serviços e atividades consideradas não essenciais.

O decreto fala que levou em conta também as circunstâncias estruturais e epidemiológicas locais, cabendo à Prefeitura autorizar, mediante ato fundamentado, a retomada gradual e reduzida do atendimento presencial dos alunos ou manter a suspensão das aulas decretadas desde o início da adoção das medidas de isolamento.

O documento diz que como é desconhecido e não existem parâmetros suficientes para antever o impacto que o retorno expressivo das atividades escolares presenciais pode acarretar sobre a rede de atendimento de saúde local e a atual realidade epidemiológica do município, e o esgotamento das vagas em leitos de UTI disponíveis na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade “Dona Zilda Salvagni”, unidade hospitalar de Taquaritinga.