Sobe & Desce – 11 de setembro de 2020

Sobe – Quando assumiu o cargo, em 2017, o atual prefeito não cansou de criticar funcionários públicos municipais, sobre corpo mole verificado na Prefeitura. Agora, época de eleições municipais, e com o anúncio da sua pré-candidatura à reeleição, diz, a todo instante, que a cidade conta com um corpo eficiente de funcionários na área pública.

Desce – Enquanto isso, o atual presidente da Câmara Municipal, semanalmente, faz postagens, nas redes sociais, utilizando-se de comentários do prefeito, que prometia obras “mirabulantes” na cidade em seu primeiro mandato. Claro, não cumpridas.

Sobe – Essas lives apresentadas pela administração municipal, sobre o novo Coronavírus, deveriam ser acompanhadas, sempre, de um profissional da área médica, a fim de explicar com mais detalhes sobre a pandemia que assola o mundo. Duas pessoas leigas no assunto, pouco acrescentam, no intuito de deixar a população mais tranqüila.

Desce – Da forma como está sendo apresentada, a live não tem chamado a atenção, visto que as perguntas dos internautas são respondidas sem nenhum critério técnico.

Sobe – Neste sábado (12), praticamente encerram-se as convenções partidárias, para apresentação dos candidatos às eleições municipais de 2020. Com isso, os eleitores vão saber, faltando apenas dois meses para a realização do pleito, quem poderá representá-los, principalmente na Câmara Municipal.

Desce – Comentários mais assíduos da população dão conta que na disputa pela Prefeitura, Paulo Delgado e Vanderlei Mársico levam vantagem sobre os demais concorrentes ao cargo. Porém, é bom ambos colocar “as barbas de molho”, porque Aristeu Silva vem preparado e promete ser a surpresa do pleito municipal.

Sobe – Pra quem aguarda uma disputa tranqüila, que se prepare. Pelo clima verificado nos últimos meses, a campanha promete ser das mais abusivas, entre um e outro candidato. Inclusive, com ofensas morais.

Desce – Espera-se, porém, que os candidatos a prefeito, principalmente, ofereçam programas administrativos convincentes, a fim de que os eleitores possam analisá-los e votar, conscientemente. Dois meses passam rápido demais.