60% dos usuários aprovam rodovias paulistas, diz pesquisa

Levantamento da Fundação Seade leva em consideração rodovias sob concessão, reguladas pela ARTESP, e as administradas pelo DER e aponta melhora em todos os quesitos avaliados.

Uma pesquisa desenvolvida e aplicada pela Seade – Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados – revela que a satisfação dos usuários com as rodovias paulistas subiu de 48% para 60%. Encomendado pelo Governo do Estado de São Paulo, o levantamento aponta uma melhora da percepção da população em todos os quesitos avaliados: atendimento de acidentes, que antes era de 57,1%, passou para 65; sinalização de 48,6% para 64,1%. Além disso, os dados de Infraestrutura, policiamento e fiscalização, que antes eram de 43,6%, passaram para 57,9% e 53%, respectivamente.

A pesquisa, que foi aplicada entre maio e junho de 2020, compara os dados com o mesmo período do ano passado, e leva em consideração as rodovias administradas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e sob concessão, reguladas pela ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo.

O Secretário Estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, atribui a boa avaliação ao persistente trabalho realizado pelo Governo Paulista, mesmo durante o período de pandemia. Os bons índices são resultado da parceria entre vários órgãos estaduais, liderados pela SLT, tais como DER, ARTESP e Polícia Militar Rodoviária. “Os números mostram que a população está percebendo o grande esforço feito pelo Governo Paulista na transformação de toda a infraestrutura dos transportes. Além das obras nas rodovias, temos projetos para a ampliação de toda a matriz logística de São Paulo”, afirma.

Segundo Otaviano, esse conjunto de ações permitirá, nos próximos anos, a completa reestruturação dos corredores logísticos, facilitando o escoamento da produção, promovendo o desenvolvimento regional, gerando empregos e aproveitando melhor as vocações dos municípios.

“Os contratos do Programa de Concessões Rodoviárias Paulista exigem das concessionárias serviços de padrão internacional, com qualidade e sempre com foco no atendimento dos usuários, soluções tecnológicas inovadoras e rapidez nas respostas às novas necessidades. Todo esse trabalho, realizado pelas concessionárias e regulado pela ARTESP, reflete na percepção positiva do usuário”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP.

As rodovias também aparecem bem avaliadas pelos chamados não-usuários – aqueles que não fazem o uso frequente – 88,4% afirma que recomendaria as estradas paulistas para parentes e conhecidos.

Obras

As obras nas rodovias estaduais não pararam, mesmo diante da pandemia do Coronavírus. O Estado de São Paulo realiza neste momento 132 obras em rodovias concedidas ou do DER – muitas delas, corredores logísticos do PIB nacional -, com investimentos de R﹩ 5,3 bilhões.

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 50% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação das Concessões dos Aeroportos Regionais.