Então é Natal: Papai Noel

O “bom velhinho” que encanta adultos e crianças.

O Papai Noel é um símbolo do Natal. Nessa época podemos observar vários símbolos natalinos espalhados pelas cidades, mas o que encanta adultos e crianças é o bom velhinho.

Um bispo católico, que viveu no século IV, costumava ajudar pessoas com dificuldades financeiras, dando presentes às crianças ou jogando moedas pelas chaminés das casas.

As pessoas acreditavam que isso era milagre e são Nicolau foi tido como santo.

A Alemanha foi o primeiro país a representar São Nicolau como símbolo de Natal e com o passar dos anos a ideia foi se espalhando por todo o mundo.

Andar pelo céu sendo puxado por um trenó dirigido por renas veio de uma história criada pelo professor de literatura, que morava em Nova Iorque, Clemente Clark Moore. Foi ele quem deu ao mesmo as características que apresenta, como ser velho, gordo, ter barba longa, usar roupas vermelhas e carregar um saco de presentes nas costas.

Nos Estados Unidos e no México, Papai Noel ficou conhecido como Santa Clauss; na Alemanha é Weihnachtsmann; na Argentina, Peru e Paraguai seu nome é Papá Noel; na França seu nome é Père Noël e no Chile, Viejito Pascuero.

Em razão do nascimento de Jesus, que recebeu presentes dos três reis magos (incenso, ouro e mirra), e pelos agrados feitos por São Nicolau, no dia 25 de dezembro criou-se o hábito de distribuir presentes entre amigos e familiares.