Ferramenta que estima nota do Enem já está disponível

Criada pela startup Evolucional, ferramenta analisa cenários possíveis para o desempenho dos alunos a partir da quantidade de acertos por área.

Para amenizar o sofrimento de cerca de 4 milhões de estudantes que fizeram a primeira prova do Enem no último domingo (3), a Evolucional – startup especializada em avaliações e uso de dados para educação – criou uma ferramenta gratuita, o Radar Enem, que oferece aos usuários a análise de diferentes cenários possíveis para o seu desempenho no Enem. Assim é possível diminuir a ansiedade de esperar a divulgação das notas, que acontece apenas em Janeiro de 2020.

Para ter acesso às análises, basta que o usuário entre no site www.radarenem.com.br e faça um cadastro. Ao acessar o sistema, ele deverá inserir o número de acertos que teve em cada área.

“A nossa análise leva em consideração o desempenho real de alunos em edições anteriores do Enem. Ao lançar o número de acertos em cada área da prova, o sistema relaciona os valores a uma faixa de notas, com mínima e máxima” explica Vinícius Freaza, Diretor de Inovação Pedagógica da Evolucional. “Também conseguimos inserir em nosso sistema uma variável relacionada à coerência pedagógica. Assim, o aluno poderá analisar diferentes cenários, considerando, por exemplo, se a maior parte dos acertos que teve foram acertos conscientes ou acertos no chute”, completa Freaza.

Para o cálculo das notas dos estudantes, o Enem utiliza a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que se diferencia muito dos métodos clássicos de avaliações que compõem a nota somente com base no número de acertos. Nesse sentido, a ferramenta desenvolvida pela Evolucional inova por analisar o comportamento de milhões de alunos em edições anteriores do Enem e, a partir do número de acertos na edição de 2019, permitir ao estudante obter uma estimativa de sua nota TRI em cada área do conhecimento.