Taquaritinga tem registro positivo de Microempreendedor Individual

Taquaritinga registrou 218 novos cadastros de MEI (Microempreendedor Individual) em 2019, segundo dados do posto local do Sebrae Aqui. No período, foram registradas 68 baixas de microempreendedores no município.
Trabalhar por conta própria ou abrir pequenos comércios é a saída encontrada por muita gente que não consegue voltar à carteira assinada. Para esse tipo de trabalhador, o MEI é vantajoso, já que ele deixa o mercado informal e recebe, entre outros benefícios trabalhistas, a oportunidade de contribuir para sua futura aposentadoria.

O Microempreendedor Individual também se torna um pequeno empresário e passa a possuir um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), mas para se encaixar no programa, o faturamento anual tem de ser abaixo de R$ 81 mil – média de R$ 6.750,00/mês.

Outros serviços – Além de formalizar a abertura de novas MEIs, o posto local do Sebrae Aqui, localizado no prédio do Detran, na Avenida Dr. Francisco Arêa Leão, também viabilizou 198 declarações de faturamento, além de alterações na inscrição do MEI, parcelamento de débitos, entre outros serviços de interesse dos microempreendedores de Taquaritinga.

Em 2019, o Sebrae Aqui promoveu três oficinas de  negócios, realizou o curso Super MEI Gestão e o projeto “Alimentação fora do lar”, além de viabilizar uma excursão de empresários locais  para a Feira do Empreendedor, em São Paulo.

“O posto do Sebrae Aqui tem sido um importante parceiro daqueles que querem iniciar uma atividade empresarial, crescer e gerar empregos no município”, ressaltou o prefeito Vanderlei Mársico.